Home


Ensino Militar


NÍVEL SUPERIOR NAS

FORÇAS ARMADAS


(Clique na foto abaixo para ampliação)
   Portão da AMAN

Portão Monumental da AMAN, com o Pico das Agulhas Negras ao fundo.
(Foto EB)



INTRODUÇÃO

ACADEMIAS MILITARES

EXÉRCITO

MARINHA

FORÇA AÉREA

FONTES & LINKS




INTRODUÇÃO


Em maio de 2011, as Forças Armadas estavam com inscrições abertas para seus concursos públicos de nível superior. Todo ano esses concursos se repetem.


Os candidatos aprovados passam por prova escrita, teste físico, avaliação psicológica e fazem curso de formação remunerado em escolas preparatórias.


Embora os militares tenham benefícios por trabalhar nas Forças Armadas, as instituições destacam que a carreira militar exige dedicação exclusiva, disponibilidade para mudar de cidade e exige disciplina.


O Exército,  Marinha e
Força Aérea não preparam somente combatentes. Há escolas militares especializadas na formação acadêmica de jovens. Ao mesmo tempo que ensinam as rotinas de um oficial, essas instituições preparam engenheiros, aviadores, profissionais da administração, especialistas em ciências náuticas e militares.


Esses cursos têm status de graduação, duram de três a cinco anos e são reconhecidos pelo Ministério da Educação.



Bandeira



NOVAS REGRAS MÉDIO E SUPERIOR


Novas regras para cursos de formação do Exército e da Marinha


Entraram em vigor em 9 de agosto de 2012, com a publicação das Leis 12.704/12 e 12.705/12 no Diário Oficial da União, novas regras para ingresso nos cursos de formação de oficiais e sargentos do Exército e nas carreiras da Marinha.


Os critérios abrangem aspectos como aptidão física e psicológica, antecedentes penais e cumprimento de obrigações eleitorais e militares.


A edição das leis atende a decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em fevereiro de 2011. Segundo a Corte, requisitos de ingresso nas Forças Armadas não podem ser definidos em regulamentos, como ocorria até o julgamento. Os ministros, no entanto, permitiram que as regras antigas valessem até 31 de dezembro do ano passado, para que o Executivo enviasse os projetos de lei ao Congresso.


Os PLCs 49/2012 e 50/2012, que tratam respectivamente do ingresso nas carreiras da Marinha e do Exército, foram aprovados no Plenário do Senado em julho deste ano. As regras para o ingresso na Aeronáutica já foram definidas no ano passado com a publicação da Lei 12.464/11.


As novas leis especificam critérios para questões polêmicas, como idade, altura e presença de tatuagens no corpo. No Exército, a altura mínima para ingresso nos cursos de formação foi fixada em 1,55 m para mulheres e 1,60 m para homens. Na Marinha, há limite mínimo (1,54 m) e máximo (2 metros).


As leis proíbem tatuagens que “façam alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, a violência, a criminalidade, a ideia ou ato libidinoso, a discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem ou, ainda, a ideia ou ato ofensivo às Forças Armadas”.


No caso do Exército, a presidente Dilma Rousseff vetou a proibição de tatuagens que “prejudiquem a camuflagem e comprometam as operações militares”, por falta de critérios mais consistentes para sua aplicação.


A presidente vetou ainda a restrição, em cursos de formação de oficiais e sargentos do Exército, a candidatos casados ou em união estável, por considerar que “o estado civil não pode ser fator que, por si só, seja suficiente para a exclusão de candidato de concurso público”.



Sonho




ACADEMIAS MILITARES


Nas Academias de Curso Superior de Formação de Oficiais as vagas são extremamente disputadas. Durante os estudos, o aluno recebe uma quantia mensal de até R$ 600,00, alimentação, vestuário e assistência médica gratuita.


O curso dura 4 anos e o aspirante a oficial estuda em regime de internato (dorme na Academia durante a semana e vai para casa nos finais de semana).


Além disso, ele recebe aulas teóricas como filosofia, sociologia e psicologia, e o treinamento militar básico. Algumas das Academias que oferecem Curso Superior para Formação de Oficiais:

     g   Academia Militar das Agulhas Negras - AMAN (Exército);

    
g
  Escola Naval (Marinha); e

     g   Academia da Força Aérea - AFA (Força Aérea).


Para uma graduação mais específica, existem os cursos de Engenharia na área militar, especialmente os oferecidos pelo ITA e pelo IME. Conheça mais sobre esses dois institutos abaixo.




EXÉRCITO



EB



O ingresso na carreira militar do Exército só é possível por concurso por meio das escolas preparatórias. Veja o site do Exército. As escolas de formação exigem disciplina e a maioria tem regime de internato.


Na instituição, as promoções ocorrem conforme o tempo de serviço e merecimento. No caso de conclusão de cursos, o militar tem um pequeno acréscimo nos vencimentos.



Dia do EB



A profissão tem riscos, conforme o Exército: risco de vida, sujeição a preceitos rígidos de disciplina, dedicação exclusiva e disponibilidade permanente, proibição de participar de atividades políticas, e restrições de direitos trabalhistas. O militar não tem direito à remuneração do trabalho noturno e pode ter jornada superior a oito horas diárias.


Uma vaga na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) é a única porta de entrada para a Academia das Agulhas Negras (AMAN). Na
EsPCEx, é preciso cursar o 3º ano do ensino médio. Somente quem passa por essa etapa pode chegar à AMAN. Lá, eles se tornarão oficiais do Exército e bacharéis em ciências militares.


AMAN


ACADEMIA MILITAR DAS AGULHAS NEGRAS - AMAN

Viste a nossa página da AMAN.


IME


INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - IME

O IME (Instituto Militar de Engenharia) faz parte do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) e é responsável no Brasil pelo ensino de Engenharia, no âmbito do Exército. O Instituto oferece cursos de graduação, pós-graduação e extensão universitária para militares e civis. Criado em 1959, o IME é resultado de uma fusão entre a Escola Técnica do Exército e o Instituto Militar de Tecnologia.



IME



O curso de Engenharia do IME tem duração de 5 anos. Já a formação militar também tem duração de 5 anos para os optantes pela carreira ativa e de 1 ano para os optantes pela reserva militar. Quem opta pela carreira ativa pode seguir até o posto de General-de-Divisão e, quem opta pela reserva pode, ao final do curso, fazer um estágio de até 6 anos como Oficial da Reserva convocado, para depois retornar ao mercado como engenheiro. A sede do IME fica na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro.



IME

Desfile de estudantes do IME, na Praia Vermelha, Rio de Janeiro.
(Foto Valdimir Longo)



Cursos oferecidos pelo IME:

- Engenharia Cartográfica;
- Engenharia de Computação;
- Engenharia de Comunicações;
- Engenharia de Fortificação e Construção;
- Engenharia Elétrica;
- Engenharia Eletrônica;
- Engenharia Mecânica e de Armamento;
- Engenharia Mecânica e de Automóveis;
- Engenharia de Metalúrgica;
- Engenharia Química.


SEXO : masculino e feminino
LOCAL: Praia Vermelha - Rio de Janeiro - RJ
DURAÇÃO: 5 anos
CURSO: Cursos de Engenharia
IDADE: no completar 21 anos até 31/12 do ano da matrícula.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo a 3ª série do 2º grau (Ensino Médio).
MATÉRIAS: Português, Matemática, Física, Química e Inglês.
PROVAS: normalmente novembro
INSCRIÇÃO: agosto / outubro


O Aluno(a) recebe paralelamente ao curso de Engenharia, instrução militar, compatível com a formação de Oficial do Quadro de Engenheiros Militares.

Cursos de: Fortificação e Construção(Engenharia Civil), Eletricidade, Eletrônica, Comunicações (Telecomunicações), Mecânica de Armamento, Mecânica de Automóvel, Química, Cartografia, Metalurgia (Materiais) e Computação.

-No ato da Inscrição, o candidato deverá optar pela carreira de Oficial da Ativa ou Oficial da Reserva.

Oficial da Ativa: O Aluno fará todo o curso na situação militar. No final do 4ºano será promovido a Aspirante a Oficial da Ativa. No final do 5ºano formado Oficial Engenheiro Militar, poderá até chegar ao posto de General-de-Brigada e General-de-Divisão.

Oficial da Reserva: Fará todo o Curso como aluno do Núcleo de Formação de Oficiais da Reserva (NPOR). No final será promovido a Aspirante a Oficial da Reserva, tendo obrigatoriedade de servir por 2 (dois) anos, como Engenheiro Militar, sendo promovido a 2ºTenente da Reserva nesse período.

Ao final poderá solicitar transferência para a Reserva Não Remunerada do Exército ou solicitar prorrogação para continuar no Serviço Ativo do Exército por mais 6 (seis) anos, renováveis a cada 2 (dois) anos. Findo este período será desligado e transferido para a Reserva Não Remunerada.


ESAEX


ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DO EXÉRCITO - EsAEx

SEXO : masculino e feminino

LOCAL: Salvador - BA
DURAÇÃO: 8 meses
CURSO: Formação de Oficiais do Quadro Complementar, nas áreas de ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ECONOMIA, ESTATÍSTICA, COMUNICAÇÃO SOCIAL, DIREITO, INFORMÁTICA, MAGISTÉRIO e PSICOLOGIA.
IDADE: não completar 37 anos até 01/03 do ano da matrícula.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo faculdade reconhecida pelo MEC em ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ECONOMIA, ESTATÍSTICA, COMUNICAÇÃO SOCIAL(Relações Públicas), DIREITO, INFORMÁTICA(Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Informática, Análise de Sistemas, Tecnólogo, Matemática Aplicada a Informática, Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas e Computação e em Eletrônica e Administração de Sistema de Informação), MAGISTÉRIO (Licenciatura Plena em Espanhol, Inglês, Física, Química, História, Geografia, Matemática e Português) e PSICOLOGIA
MATÉRIAS: Português, História e Geografia do Brasil e Conhecimentos Específicos.
PROVAS: normalmente setembro
INSCRIÇÃO: junho / julho


ESSEX


ESCOLA DE SAÚDE DO EXÉRCITO - EsSEx

SEXO : masculino e feminino
LOCAL: Rio de Janeiro - RJ
DURAÇÃO: 1 ano
CURSO: Formação de Oficiais Médicos, Farmacêuticos,Dentistas, Veterinários e Enfermeiros.
IDADE: não completar 37 anos em 01/03 do ano da matrícula
MILITAR: não completar 37 anos até 01/03.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso de Oficiais de Saúde, Enfermagem e Veterinária do Exército.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo Faculdade reconhecida pelo MEC em Medicina, Farmácia(Bioquímica e/ou Industrial), Odontologia, Veterinária ou Enfermagem.
MATÉRIAS: Português e Conhecimentos Especializados.
PROVAS: normalmente setembro                                               INSCRIÇÃO: junho / agosto


Os Alunos graduados em MEDICINA, após a conclusão do Curso, serão nomeados 1º Tenente da Ativa podendo atingir até o Posto de General de Divisão, e os graduados em FARMÁCIA, VETERINÁRIA, ODONTOLOGIA e ENFERMAGEM, após a conclusão do Curso, serão nomeados 1º Tenente da Ativa podendo atingir até o Posto de Coronel.



Dia do EB




MARINHA


Para ingressar na instituição, ainda a nível médio, a entrada é pela Escola Naval, no Rio de Janeiro. Veja os sites da Marinha do Brasil e de Ensino da Marinha. A remuneração inicial para nível superior remonta a R$ 4.870.


Para tornar-se Engenheiro Naval, os principais requisitos são: ser brasileiro nato e ter concluído com aproveitamento o curso superior relativo à profissão a que concorre (ou estar cursando o último ano, de forma que o mesmo esteja concluído até a data prevista no edital para a verificação dos documentos exigidos).



VÍDEO - COMERCIAL DO PROCESSO SELETIVO
DE ADMISSÃOÀ ESCOLA NAVAL 2009 (0:31 MIN)






São aceitos ambos os sexos e a idade máxima aceita é de 31 anos. Provas: Conhecimentos Profissionais, Redação e Tradução de Texto em Inglês. Local do Curso: Centro de Instrução Alte. Wandenkolk (CIAW), Rio de Janeiro/RJ. Situação após o Curso: 1º Tenente do Corpo de Engenheiros (EN).



Mulheres



Para ingressar no Corpo da Armada (QC-CA); de Intendentes da Marinha  (QC-IM) e Fuzileiros Navais (QC-FN), os principais requisitos para inscrição são: ser brasileiro nato e ter concluído com aproveitamento o curso superior relativo à profissão a que concorre, e ter no máximo 28 anos de idade. Provas: Conhecimentos Profissionais e Redação. Local do Curso: Centro de Instrução Alte. Wandenkolk (CIAW), Rio de Janeiro/RJ. Situação após o Curso: 2º Tenente do Quadro Complementar da Marinha (QC).


A instituição tem um plano de carreira e oferece promoções por mérito ou tempo de serviço. É possível obter promoção realizando processos seletivos internos. Quem trabalha na Marinha têm direito a assistência médica para si e para os dependentes, férias e moradia em alojamentos da União.



Quem desejar cursar Engenharia Naval pode procurar pela UFRJ -  Universidade Federal do Rio de Janeiro (RJ) e pela USP - Universidade de São Paulo (SP).




Escola Naval

Vista parcial das instalações da Escola Naval, na Ilha de
Villegagnon, Baía de Guanabara, Rio de Janeiro.

(Foto Serviço de Relações Públicas da Marinha)



ESCOLA NAVAL

LOCAL: Ilha de Villegagnon - Rio de Janeiro - RJ
DURAÇÃO: 4 anos
IDADE: não completar 22 anos até 01/01 do ano da inscrição
CURSO: formação de Oficiais da Marinha.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo a 3ª série do 2º grau.
MATÉRIAS: Português, Matemática, Física e Inglês.
VAGAS: 40 VAGAS
PROVAS: normalmente agosto prova objetiva e outubro prova discursiva
INSCRIÇÃO: junho / julho



VÍDEO - INGRESSO NA ESCOLA NAVAL - 2007 (0:31 MIN)


Vídeo feito para a seleção de 2007.



Ao término dos 4 (quatro) anos, o aluno na condição de Guarda Marinha, fará uma viagem de instrução e será nomeado.



Escola Naval

Cerimônia de Formatura na Escola Naval.
(Foto Serviço de Relações Públicas da Marinha)



Escola Naval

Imagem da Ilha de Villegagnon, onde fica a Escola Naval.
(Foto Serviço de Relações Públicas da Marinha)



CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE WANDENKOLK

QUADROS COMPLEMENTARES

QC-CA DE OFICIAIS DA ARMADA (MASCULINO)
QC-FN OFICIAIS FUZILEIROS NAVAIS (MASCULINO)
QC-IM OFICIAIS INTENDENTES DA MARINHA (MASCULINO E FEMININO)

LOCAL: Rio de Janeiro (RJ)
DURAÇÃO: 42 Semanas
IDADE: não completar 28 anos até 01/01 do ano da inscrição.
CURSO: formar Oficiais para o exercício de funções Técnicas e Administrativas em Organização Militar.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo
Faculdade de ENGENHARIA ELETRÔNICA, ELÉTRICA, MECÂNICA, METALÚRGICA, ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIAS ECONÔMICAS E CIÊNCIAS NÁUTICAS(OFICIAIS DE MÁQUINAS-EFOMM).
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
MATÉRIAS: Redação e Conhecimentos Profissionais.
PROVAS: normalmente junho
INSCRIÇÃO: março / abril

O curso é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, estagiando logo após em Organizações da Marinha, em terra ou embarcado, como 2º Tenente do Quadro Complementar da Marinha do Corpo da Armada, Intendentes e Fuzileiros Navais.



VÍDEO - BANDA MARCIAL DO CORPO DE
FUZILEIROS NAVAIS - PARTE 1 (09:46 MIN)






VÍDEO - BANDA MARCIAL DO CORPO DE
FUZILEIROS NAVAIS - PARTE 2 (09:43 MIN)




Apresentação em Florianópolis (SC),
no dia 29 de maio de 2010.




Sinais



CSM - CORPO DE SAÚDE DA MARINHA

SEXO: masculino e feminino
LOCAL: Rio de Janeiro (RJ)
DURAÇÃO:42 Semanas
IDADE: não completar 33 anos até 01/01 do ano da inscrição.
CURSO: formar Oficiais para os Quadros de Médicos; de Cirurgiões Dentistas e de Apoio a Saúde.
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo Curso
Superior de MEDICINA, ODONTOLOGIA, ENFERMAGEM, FARMÁCIA, FISIOTERAPIA, NUTRIÇÃO e PSICOLOGIA.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
MATÉRIAS: Redação e Conhecimentos Profissionais.
PROVAS: normalmente novembro
INSCRIÇÃO: agosto / setembro

O curso é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, estagiando logo após em Organizações da Marinha, em terra ou embarcado, como 1º Tenente do Corpo de Saúde da Marinha, nas seguintes especialidades: ANESTESIOLOGIA - CARDIOLOGIA - CIRURGIA GERAL - CIRURGIA MÉDICA - GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA - NEUROCIRURGIA - OFTALMOLOGIA - ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - PEDIATRIA - OTORRINOLARINGOLOGIA - PSIQUIATRIA - RADIOLOGIA - UROLOGIA - CIRURGIÃO DENTISTA - ENFERMAGEM - FARMÁCIA - FISIOTERAPIA - NUTRIÇÃO e PSICOLOGIA.



VÍDEO - COMERCIAL DA MARINHA DO
BRASIL 2010 - CORPO DE SAÚDE (0:31 MIN)




Vídeo feito para a seleção de 2010.



( T ) - QUADRO TÉCNICO DE OFICIAIS DA MARINHA

SEXO: masculino e feminino
LOCAL: Rio de Janeiro (RJ)
DURAÇÃO: 42 Semanas
IDADE: não completar 33 anos até 01/01 do ano da inscrição.
CURSO: formar Oficiais para os diversos Quadros Técnicos da Marinha..
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo Curso
Superior nas profissões de BIBLIOTECONOMIA, CIÊNCIAS NÁUTICAS(Oficial de Náutica formado pela EFOMM), COMUNICAÇÃO SOCIAL, DIREITO, ARQUIVOLOGIA, ESTATÍSTICA, PEDAGOGIA, PROCESSAMENTO DE DADOS, PSICOLOGIA, SERVIÇO SOCIAL, DESENHO INDUSTRIAL, GEOLOGIA, HISTÓRIA, METEOROLOGIA, OCEANOGRAFIA, reconhecido pelo MEC.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
MATÉRIAS: Redação e Conhecimentos Profissionais.
PROVAS: normalmente junho
INSCRIÇÃO: março

O curso é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, estagiando logo após em Organizações da Marinha, em terra ou embarcado, como 1º Tenente do Quadro Técnico da Marinha.


CEM - CORPO DE ENGENHEIROS DA MARINHA

SEXO: masculino e feminino
LOCAL: Rio de Janeiro (RJ)
DURAÇÃO:42 Semanas
IDADE: não completar 33 anos até 01/01 do ano da inscrição.
CURSO: formar Oficiais para os diversos Quadros Técnicos da Marinha..
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo Curso Superior de ENGENHARIA, reconhecido pelo MEC.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso.
MATÉRIAS: Redação, Conhecimentos Profissionais e Tradução de Texto em Inglês Técnico.
PROVAS: normalmente julho
INSCRIÇÃO: abril / maio

O curso é ministrado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, estagiando logo após em Organizações subordinadas à Diretoria-Geral do Material da Marinha, como 1º Tenente do Corpo de Engenheiros da Marinha.



Mulheres na MB

Mulheres na MB.
(Foto Divulgação)

 


FORÇA AÉREA



É possível entrar na Força Aérea como militar a partir dos 14 anos por meio das escolas preparatórias. Os civis podem entrar por concursos para oficiais e sargentos. Veja o site da Força Aérea Brasileira e de Concursos da FAB.


Em 2009, as
inscrições para a Academia da Força Aérea - AFA, estiveram abertas entre os dias 18 de maio e 19 de junho.



(Clique na foto abaixo para ampliação)

AFA

Cerimônia com cadetes da AFA.
(Foto AFA)



ACADEMIA DA FORÇA AÉREA - AFA

SEXO: masculino e feminino
LOCAL:
Estrada de Aguaí, s/nº - Campo Fontenelle
13643-000 - Pirassununga - SP  -  COMAR IV

DURAÇÃO: 4 anos
IDADE: Não completar 21 anos até 31/12 do ano da inscrição para o concurso.
MILITAR: Não completar 21 anos até 31/12.
SEXO FEMININO: Não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do Curso de Formação de Oficiais Intendentes (CFOINT), cuja duração será de 4 anos.
ESCOLARIDADE: Ter concluído ou estar concluindo a 3ª série do 2º grau.
MATÉRIAS: Língua Portuguesa, Matemática, Física e Inglês.
PROVAS: normalemente em agosto
INSCRIÇÃO: maio e junho
VAGAS: 70 vagas, sendo 20 Aviadores, 35 Intendência e 15 Infantaria.



VÍDEO - INGRESSO NA AFA (0:30 MIN)



Vídeo feito para a seleção de 2006.



A AFA tem por finalidade formar os Oficiais Aviadores (CFOAV), Intendentes (CFOINT) e de Infantaria (CFOINF), O Aluno é declarado Aspirante-a-Oficial Aviador ou Intendente, podendo atingir até o posto de General ou Aspirante-a-Oficial de Infantaria, podendo atingir até o posto de Coronel.


Quem ingressa na FAB com ensino médio e conclui nível superior não tem promoção automática, deve se inscrever em processos seletivos assim como os civis. Há também promoção por tempo de serviço.



Oficiais



INSTITUTO TECNOLÓGICO DA AERONÁUTICA - ITA

SEXO : masculino e feminino
LOCAL: São José dos Campos - SP
DURAÇÃO: 5 anos
IDADE: não completar 24 anos em 31/12 do ano da inscrição (MUDOU*)
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo a 3ª série do 2º grau (Ensino Médio).
PROVAS: normalmente outubro
 - em 2010, entre os dias 14 e 17 de dezembro
INSCRIÇÃO: agosto a setembro
ESPECIALIDADES: Engenharia de Aeronáutica, Eletrônica.


Infra-Estrutura Aeronáutica (civil), Mecânica e Computação.-Aspirante a Oficial da Reserva(civil) ou 1º Tenente-Engenheiro da Ativa, com acesso ao Generalato.


O ITA (Instituto de Tecnologia de Aeronáutica), situado em São José dos Campos (SP), é um órgão de ensino superior do Comando da Aeronáutica e foi criado em 1950. A educação no ITA é voltada para a formação de profissionais de nível superior nos setores da Ciência e da Tecnologia, nas especialidades de interesse da aviação geral.


São 2 anos de curso básico (No 1º ano os alunos estudam para o CPOR – Centro de Preparação de Oficiais de Reserva, um curso de instrução militar, e recebem cerca de um salário mínimo), com forte conteúdo de física e matemática.


Ao final do 2º ano, os estudantes podem escolher entre seguir a carreira de Engenheiro como civil ou como militar. A partir daí o curso de Engenharia segue normalmente, independente da escolha que o aluno fizer. A diferença é que quem escolhe a carreira militar torna-se aspirante a oficial, com salário de aproximadamente R$ 3 mil, e faz o preparatório militar com aulas de tiro e atividades físicas específicas.


Quando termina a graduação, o aspirante a oficial torna-se Primeiro-tenente Engenheiro e pode chegar a Major-brigadeiro. Ele é enviado para as unidades da Aeronáutica onde irá trabalhar com manutenção de aeronaves, testes de novos equipamentos ou trabalhar com sistemas de defesa.


É importante ressaltar que o Engenheiro Aeronáutico pode ganhar até 30% a mais que os demais engenheiros e o número de profissionais da área é inferior à demanda. Para quem não deseja seguir no militarismo, há vagas em empresas de transporte aéreo e na Embraer, com sede em São José dos Campos.


Cursos oferecidos pelo ITA:

- Engenharia Aeronáutica;
- Engenharia Civil Aeronáutica;
- Engenharia de Computação;
- Engenharia Eletrônica;
- Engenharia Mecânica - Aeronáutica; e
- Engenharia Aeroespacial.


(*) Em 2 de agosto de 2010, foi noticiado que o ITA passaria a permitir a participação de candidatos casados e de maiores de 23 anos a partir do vestibular 2011. No caso da idade, a inscrição não será automática, pois os interessados teriam de ter um requerimento aceito por uma autoridade do instituto. Essa flexibilização no vestibular ocorreu devido a pedidos de candidatos há anos.



Dia da FAB



Em 18 de setembro de 2010, foi noticiado que a limitação de idade de 23 anos para candidatos a carreira militar no processo seletivo 2011 também foi mesmo extinta, assim como havia acontecido com a carreira civil. Os alunos maiores de 23 anos que já tinham feito a inscrição no vestibular civil, mas queriam mudar para o militar, poderiam fazer o pedido pelo e-mail vestita@ita.br, até o dia 27 de setembro.


Estudantes que são casados e arrimos de família (responsáveis financeiros) também poderão se inscrever para a carreira militar. Mas a moradia estudantil, oferecida pelo instituto, permanecerá garantida apenas para os alunos.


Eram disponibilizadas 130 vagas para os cursos de graduação em Engenharia oferecidos pelo ITA, nas seguintes especialidades: Aeronáutica, Eletrônica, Mecânica-Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, da Computação e Aeroespacial. O curso de Engenharia Aeroespacial foi criado em fevereiro de 2010 e, como as outras modalidades, tem a duração de cinco anos.


O vestibular do ITA seria realizado em uma única fase, sendo as provas aplicadas em 22 cidades brasileiras e no Distrito Federal, entre os dias 14 e 17 de dezembro de 2010, das 8h00 às 12h00, conforme horário de Brasília.


No primeiro dia de prova os candidatos responderiam questões de física; no segundo, de português e inglês; no terceiro, de matemática e no ultimo, de química. O exame teria questões de múltipla escolha, questões dissertativas e a redação. O resultado final da seleção seria divulgado no dia 30 de dezembro de 2010.


DATAS DAS PROVAS EM 2010:

- 14/12: física;
- 15/12: português e inglês;
- 16/12: matemática; e
- 17/12: química.

CIDADES DAS PROVAS EM 2010:

Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Londrina, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo e Vitória. Os locais de prova seriam divulgados a partir de 18 de novembro.


Outras instituições que oferecem graduação em Engenharia Aeronáutica são a USP - Universidade de São Paulo (SP), Unip - Universidade Paulista (SP), Univap - Universidade do Vale do Paraíba (SP), Unitau - Universidade de Taubaté (Taubaté, SP) e UFABC - Universidade Federal do ABC (SP).


CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA - CIAAR

CAMAR - CAFAR - CADAR
Curso de Adaptação de Médicos, Farmacêuticos e Dentistas.

EAOEAR
Curso de Adaptação de Engenheiros

SEXO : masculino e feminino
LOCAL: Belo Horizonte-MG
DURAÇÃO: 18 semanas
IDADE: não completar 35 anos em 25/12 do ano do curso
ESCOLARIDADE: ter concluído ou estar concluindo curso Superior de MEDICINA, FARMÁCIA ou ODONTOLOGIA, oficialmente reconhecido pelo MEC, e possuir o registro profissional no respectivo Conselho Regional.
SEXO FEMININO: não estar grávida no período entre a inscrição e a conclusão do curso.
ESPECIALIDADES: serão divulgadas a cada ano, de acordo com as necessidades da Aeronáutica.
MATÉRIAS:
português, redação, conhecimentos especializados, exames de saúde, avaliação psicológica, condicionamento físico e prova de títulos.
PROVAS: 9 de agosto (2009) em várias cidades do país
INSCRIÇÃO: até 3 de julho, com taxa de R$ 85,00
(em 2009). O edital e o formulário para inscrição encontram-se disponíveis no site http://www.ciaar.com.br/concursos.html



Mulheres na FAB

(Foto CIAAR)



Os Cursos são ministrados no CIAAR, em regime de externato. Formados os alunos passam ao posto de Primeiro-Tenente, inclusos no respectivo quadro, e sendo designados para servir em Organização Militar (OM) da localidade escolhida no ato da inscrição, respeitando a classificação no concurso. Eles terão acesso ao Generalato, sendo que os Dentistas e Farmacêuticos terão acesso ao Posto de Coronel.


Concluindo-o com aproveitamento, será nomeado primeiro-tenente e incluso no respectivo quadro, sendo designado para servir em Organização Militar (OM) da localidade escolhida no ato da inscrição, respeitando a sua classificação no concurso.


Em 2009, a FAB abriu 140 vagas nas áreas de saúde e também de engenharia. Trata-se de um concurso para 115 vagas no quadro de saúde e 25 vagas para o quadro de engenharia.


Entre as vagas para profissionais da área de saúde, 88 foram para médicos, 21 para dentistas e 6 para farmacêuticos.


As vagas para o Curso de Adaptação de Médicos estavam distribuídas nas seguintes especialidades: alergologia, anestesiologia, cancerologia, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular-periférica, dermatologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, mastologia, medicina intensiva, medicina nuclear, neurocirurgia, neurologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia, pediatria, psiquiatria, radiologia e urologia.


Para o Curso de Adaptação de Dentistas as vagas estavam distribuídas nas seguintes especialidades: cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, endodontia, estomatologia, imaginologia dento-maxilo-facial, ortodontia, periodontia, prótese dental, clínica odontológica e odontologia para pacientes com necessidades especiais.


Para o Curso de Adaptação de Farmacêuticos as vagas eram para as seguintes especialidades: farmácia bioquímica, farmácia hospitalar e farmácia industrial.


Para os engenheiros, as áreas são de engenharia civil (12), para engenharia eletrônica (3), engenharia elétrica (7) e engenharia mecânica (3).


CIAAR

(Foto CIAAR)



Para se inscrever em 2009, o candidato devia possuir título de especialista na área em que pretende concorrer, não poderá ter completado 35 anos até 25 de dezembro de 2010 (candidatos nascidos a partir de 26 de dezembro de 1975) e deve ter, no mínimo, 1,55m de altura, se do sexo feminino, e 1,60m de altura, se do sexo masculino.


No caso dos engenheiros, os candidatos não podiam ter completado 31 anos até o dia 25 de dezembro de 2010 - candidatos nascidos a partir de 26 de dezembro de 1979.



CIAAR



MUDANÇA PARA LAGOA SANTA


Em junho de 2010, foi noticiado que a FAB mudaria seu CIAAR para a APA Lagoa Santa, ainda em Minas Gerais. Trata-se de uma
área de proteção ambiental de uso sustentável (APA Carste Lagoa Santa). Em 2013, as obras estavam avançadas.


Essa região é conhecida por possuir ricos sítios arqueológicos, e a instalação do CIAAR ali contou com a anuência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade no processo de licenciamento. Esta foi a primeira base militar analisada pelo Ibama desde que o órgão foi criado e passou a ser responsável pelos licenciamentos de empreendimentos militares.


A instalação do CIAAR, a ser construído na Rodovia MG-10, sem número, no bairro Vila Asas, município de Lagoa Santa, ocupará área de aproximadamente 57 mil m² para atendimento a 360 alunos, sendo que 300 deles ficarão alojados em acomodações internas. O CIAAR contará com apoio didático e logístico de 500 militares e civis.


Segundo o quadro de uso e ocupação do solo no imóvel, a área ocupada por edificações, vias de trânsito e acesso e jardins somam 40,44 hectares, representando 56,72% do total. A vegetação nativa remanescente de Cerrado a ser preservada corresponderá a 43,28%.


FAB




FONTES & LINKS


Exército Brasileiro

Marinha do Brasil

Ensino da Marinha

Escola Naval

Força Aérea Brasileira

Concursos da FAB

IME

AFA

ITA

CIAAR

Brasil Escola - Os Desafios da Carreira Militar

Passei.com.br






Home